Missão - O Arco Dourado

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Missão - O Arco Dourado

Mensagem por Hermes em Sex Maio 27, 2011 9:06 pm

Vários fatos estranhos aconteceram em Nashvill, pessoas estavam sendo encontradas mortas toda manhã, sendo que todos os assassinatos foram por flechas. Somente com uma flecha o assassino matava sau vítima. Preocupado com essa situação e pressentindo que este tal assassino era um semi-deus, Éolo vai ao acampamento à procura de alguém para investigar a situação e encontrar o assassino. A campista escolhida para tal proeza fora Amanda Marie, Caçadora de Ártemis. Éolo se aproxima da mesma e diz:
- Vá ao Oráculo e peça para ele lhe dizer qual será seu destino!
Em seguida ele fica esperando a mesma na entrada do acampamento, para levá-la ao local.

Regras:
- 4 equipamentos no máximo - deve descrever como irá levá-los.
avatar
Hermes

Mensagens : 94
Data de inscrição : 14/03/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão - O Arco Dourado

Mensagem por Amanda Marie Greenley em Sex Maio 27, 2011 9:28 pm

A garota de cabelos loiros e olhos extremamente azuis, estava parada no chalé de Ártemis, entediada. Sabe aqueles dias, em que bate uma enorme vontade de fazer absolutamente nada? Pois é, a menina estava naquela mesma situação.
Ela caminhava de um lado para outro, procurando achar distrações no Chalé, mas ao que parece tudo estava em perfeita ordem.
Quando estava prestes a ir para fora do Chalé, um deus surge em frente ao Chalé: Éolo. No mesmo instânte, a garota soube que teria que correr grandes riscos, pois estava destinada a uma missão.
Quando falou com Éolo, suas suspeita se confirmavam, e a garota pega suas duas únicas armas: Um escudo de prata, dado por sua mãe, Deméter; e uma espada de Bronze Celestial, dada de presente do Acampamento, para poder sobreviver ao mundo real.
Ela cruza a porta da Casa Grande, que estava vazia e segue diretamente ao sótão - lugar em que o Oráculo estava hospedado. Lá, ela ouve suas palavras cuidadosamente, e segue em direção ao portão de entrada do Acampamento.
avatar
Amanda Marie Greenley

Mensagens : 63
Data de inscrição : 14/03/2011
Idade : 21
Localização : Acampamento Meio-Sangue.

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão - O Arco Dourado

Mensagem por Hermes em Sab Maio 28, 2011 12:31 am

Amanda vai ao Oráculo e pede-lhe sua missão, o mesmo sai da múmia, transformando-se em um arco meio esverdeado e diz:
- Uma caçadora a caverna procurará,
Para o inimigo mortal encontrar,
A vida por um triz ficará,
Quando a última flecha se puxar.

Após isto o oráculo volta para a múmia e Amanda sai da Casa Grande, seguindo em direção à entrada do Acampamento. Ao chegar na entrada, Éolo já estava esperando-lhe. Ele diz:
- Boa sorte Campista! Agora irei te deixar nos arredores de Nashvill, que é onde foram tidos os ataques.
Éolo faz uma espécie de tufão com a mão, que os absorve e faz-lhes desaparecer, aparecendo em Nashvill. Amanda estava sozinha, o deus se fora, mas deixara um presente para a mesma. Uma brisa chega perto de seu ouvido e diz:
- Olhe em seu pescoço, use-o com sabedoria. Uma brisa não é somente uma brisa, assim como nada é o que parece ser!
Amanda olha em su pescoço e lá estava um colar com 4 pedras, cada pedra simbolizava 1 dos ventos. O colar permitia a mesma, lançar jatos de ar em seus oponentes, e 1 vez por missão, durante 2 posts, ter a ajuda de algum vento, que o possuidor escolhe. O nome do Colar era: - Colar dos 4 ventos.
Após andar um pouquinho, ela se encontra com um obstáculo, a sua frente havia duas trilhas, só restava saber qual é a certa, e no meio delas, estava um velhinho que ao olhar para a linda campista começa a dizer:

- A morte um dos caminhos a levará,
E a ascenção o outro lhe trará.
O desafio fora dado,
Desvende-lhe e chegará do outro lado.
A trilha da direita se dá por um caminho estreito,
Que simboliza tais males deste mundo " perfeito ".
A trilha da esquerda se dá por um caminho largo,
Simbolizando as escolhas fáceis iguais as de um mago.
Agora cabe somente a ti escolher uma delas,
Lembre-se, nada é o que parece,
Sempre tem alguma coisa por trás tentando fazê-los sofrer.

O velho desaparece em uma luz intensa, e agora só cabia a Amanda fazer tal escolha.



Narrativa
Falas ( - )
Profecia
avatar
Hermes

Mensagens : 94
Data de inscrição : 14/03/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão - O Arco Dourado

Mensagem por Amanda Marie Greenley em Sab Maio 28, 2011 11:21 pm

A garota com cabelos cor de ouro parecia um pouco assustada. Ela estava em uma missão perigosa, em que uma escolha errada seria seu fim. Depois de escutar a profecia na Casa Grande, Éolo levara-a para os arredores Nashvill, onde os assassinatos estavam ocorrendo. Ela que sempre fora acostumada a ficar em terra firme, tinha traumas do ar. Mas tudo seria necessário para evitar que o caos tome conta da terra, não é?
Agora, ela estava andando e topa com duas trilhas diferentes: Uma que levava para a esquerda, e outra que levava para a direita. Ela aperta seu novo presente: Um colar mágico, que liberava o poder dos quatro ventos, sinalizando que estava indecisa.
O velinho, que estava recitando uma profecia, desaparecera. Deixando-a entre a vida e a morte.
Ela começa a dar alguns passos, em direção à trilha localizada à direita, esperando ser o melhor a ter feito.
avatar
Amanda Marie Greenley

Mensagens : 63
Data de inscrição : 14/03/2011
Idade : 21
Localização : Acampamento Meio-Sangue.

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão - O Arco Dourado

Mensagem por Hermes em Dom Maio 29, 2011 5:04 pm

Amanda fora pelo caminho mais perigoso e mais desafiador, porém o mais rápido. Ela anda por +/- 1 quilometro e chega em uma sala com escritos gregos por toda parte, bem no final da sala está um livro antigo, mas para chegar no mesmo precisava passar por algumas provação, na metade da sala estava um cão infernal, com uma dracaenae o comandando, aparentemente ele tinha sido adestrado para obedecê-la. Ao perceber que tinha alguem na sala a dracaenae diz:
- Para chegar ao final, precisa passar primeiramente por mim, eu sou o início de sua jornada.
No mesmo instante o cão infernal pula na mesma.

Cão infernal: 80 / 80 HP
Dracaenae: 150 / 150 HP
Amanda: 100 / 100 HP
avatar
Hermes

Mensagens : 94
Data de inscrição : 14/03/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão - O Arco Dourado

Mensagem por Amanda Marie Greenley em Seg Maio 30, 2011 5:05 pm

Caminhando durante algum tempo, a garota de cabelos cor de trigo chega à uma sala com escritas gregas por toda a parte. Ela varre os olhos por toda a sala, e se depara com um livro antigo. Muito antigo.
Ela fica contente, e quase de imediato, ela corre para ver o livro, quando depara-se com outro detalhe: Uma Dracaenae, com seu "bichinho" de estimação. Um cão infernal.
Ela fica tomada por um tremor, inesperado e mal ouve o que a Dracaenae fala. A garota apenas nota que o cão infernal havia pulado sobre ela, deixando-a encurralada.
Amanda tenta deseperadamente pegar sua espada e seu escudo, ativando-o em sua pulseira. Ela tenta rastejar para baixo do cão infernal, e tenta golpear seu estômago, um ponto muito vulnerável, com seu escudo sempre "aberto" na altura do tórax, caso o Cão insistisse em algum ataque.
avatar
Amanda Marie Greenley

Mensagens : 63
Data de inscrição : 14/03/2011
Idade : 21
Localização : Acampamento Meio-Sangue.

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão - O Arco Dourado

Mensagem por Dark Ryuuku em Seg Maio 30, 2011 5:20 pm

Os movimentos de Amanda deram certo, mas a Dracaenae começa a falar:
- Vamos bichano, honre sua mestre... Você terá grandes recompensas se conseguir continuar, e não se esqueça disso. - Ela abana um colar negro, aparentemente feito da pele de algum cão infernal, pelo modo que o cão olhara, previra ter sido alguem muito próximo.
Uma fúria enorme se encontra no cão, que desaparece nas sombras, deixando Amanda confusa, 1 segundo depois, lá estava o cão, ao lado da dracaenae, por mais que ela fosse esperta, o cão pegara o colar e desaparecera novamente nas sombras. Ele fora agora para o lado de Amanda, e abana a cabeça, entregando-a o colar. Amanda se pergunta:
- Nossa... Por que você mudou de lado? Isto deve ser muito valioso para você... Era somente por isso que você estava obedecendo-a, não é gracinha? - ela o acaricia na cabeça - Dexa eu experimentar...
Enquanto ela colocava o colar negro, a dracaenae grita furiosa:
- Não adianta confiar em trastes, tenho sempre que fazer tudo sozinha!
O colar ao entrar em contato com a pele da meio-sangue, se alastra por todo o corpo da meio-sangue, enquanto se materializava em uma armadura de ferro estíge, com alguns detalhes em pele de cão infernal e dentes dos mesmos em suas mãos. O cão infernal que a seguira fora em direção da dracaenae, quando ele pulara na mesma, uma lança é enfiada no cão, fazendo-o evaporar em um pó dourado. A lança estava envenenada com alguma coisa, seria um male enorme se tocasse na meio-sangue. A dracaenae faz um gesto dizendo para Amanda avançar contra ela e fica ali em posição de espera.

Dracaenae: 150 / 150 HP
Amanda: 100 / 100 HP

Off: Esqueci de trocar de conta. Era para mim ter postado como Éolo.
avatar
Dark Ryuuku

Mensagens : 62
Data de inscrição : 16/03/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão - O Arco Dourado

Mensagem por Amanda Marie Greenley em Ter Maio 31, 2011 6:28 pm

A garota com cabelos com cor de trigo, e olhos cor do céu estava desesperada. E confusa. O cão infernal que aparentemente queria arrancar-lhe a cabeça, aliou-se à ela, mas logo pedeceusobre seus olhos. Ela sabia que ele não havia morrido de verdade.. Mas mesmo assim, estava chocada.
Ela teria que derrotar uma Dracanae, deixando-a enjoada.
Amanda pega sua espada e seu escudo de prata celestial, e avança contra a Dracanae, que estava-a esperando.
A Caçadora fica alerta, a qualquer ataque, e tenta atacar o peito do montro.
avatar
Amanda Marie Greenley

Mensagens : 63
Data de inscrição : 14/03/2011
Idade : 21
Localização : Acampamento Meio-Sangue.

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão - O Arco Dourado

Mensagem por Rebecca Sofia Hills em Qua Jun 01, 2011 5:36 pm

Cheguei até a meio-sangue que Éolo mandara eu proteger, Amanda, uma caçadora de Ártemis.
Com meu Chicote Flamejante tentei acertar os pés(?) da dracaenae, para fazê-la cair, peguei meu Escudo Sagrado da Razão para tentar me defender de qualquer ataque repentino, eu estava com minha Armadura Fantasma me protegendo, com minhas Adagas Mágicas na cintura e com todas as minhas jóias em mãos e pescoço. Invoquei pequenas corujas para distrair a dracaenae.


Poderes utilizados:
--Ataque das Corujas - As corujas são o símbolo de Athena, então seus filhos podem invocar 3 filhotes delas para atacar o inimigo levemente, as corujas atacarão o inimigo sem parar por duas rodadas, impedindo sua locomoção, cada uma delas tem 100HP.
avatar
Rebecca Sofia Hills

Mensagens : 14
Data de inscrição : 27/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão - O Arco Dourado

Mensagem por Psiquê G. Kraft em Qui Jun 02, 2011 9:36 am

Pouco depois que minha amiga Amanda, uma caçadora de Ártemis, foi mandada em uma perigosa missão, foi com surpresa que me vi também incluída nela. De acordo com Quíron, fora o próprio Éolo que solicitara minha ajuda, e a de minha outra amiga, Rebecca Hills. Me preparei com minha Mochila Infinita, que gurdava minha ervas mágicas, com meu Escudo de Hécate em forma de relógio, e minhas Adagas na cintura acompanhadas de minha Varinha Mágica. Meu Cetro da Destruição estava preso em meu cabelo como uma tiara, e a Armadura Fantasma negra e reluzente cobria meu corpo com o seu poder. Saímos das fronteiras protetoras do Acampamento, e fomos teletransportadas por Éolo até as clareiras da floresta nos arredores de Nashvill, onde Amanda lutava contra uma perigosa Dracaenae. Surpreendendo a inimiga réptil, eu e Rebecca surgimos próximas ao local, utilizando de nossas armas e poderes para criarmos uma estratégia de combate conjunto.
Rebecca invocou três filhotes d ecorujas encantados, enquanto se protegia com seu Escudo Sagrado da Razão e tentava golpear a inimiga com seu Chicote Flamejante. Por minha vez, invoquei minha Águia Negra, que voou de encontro à dracaenae, para lutar por mim. Depois invoquei o feitiço da Nevasca Experiente, e o feitiço das Garras Espectrais, esticando meus braços como se fossem garras de sombras gigantes. Minha intenção era congelar a criatura, e depois esmigalhar sua essência com minha Garras, mas preparada para um possível fracasso, ativei as barreiras protetoras de meu Cetro, esticando-o para o tamanho de batalha. Meu escudo também se transformou para a forma de luta, e o posicionei à frente do meu corpo, esperando o que viria a seguir...


Poderes utilizados:

Lvl.12 - Feitiço das Garras Espectrais: Crie garras de energia em suas mãos, que se esticam e contorcem ao seu bel prazer. São capazes de cortar qualquer material, mas gastam bastante energia.

Lvl.13 – Chamando a Águia Negra: Invoque a ave de Hécate.
Poderes da Águia: Lvl.01 – Sem poderes especiais, a águia possui apenas uma ligação mental com o filho de Hécate; Lvl.02 – Sua Águia pode mudar para uma forma maior; Lvl.03 – Sua águia lança um grito sônico, que atordoa o inimigo; Lvl.04 – Sua águia pode funcionar como espiã para você, lhe contando sobre o que ela vê em outros lugares.

Lvl.17 – Feitiço Nevasca (Experiente): Sua nevasca está mais potente, e se torna capaz de paralisar seus inimigos por três rodadas, dependendo do tamanho desse inimigo.

avatar
Psiquê G. Kraft

Mensagens : 53
Data de inscrição : 13/04/2011
Idade : 22
Localização : Chalé de Hécate.

Ficha do personagem
Arsenal:
HP - Sangue - Vida:
100/100  (100/100)
MP - Energia - Mana:
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão - O Arco Dourado

Mensagem por Hermes em Qui Jun 02, 2011 10:24 am

Para a sorte de Amanda as duas garotas chegaram a tempo, pois a Dracaenae já estava indo fincar suas garras no peito da garota e arrancar-lhe o coração. A primeira coruja faz um corte nas costas da dracaenae, e percebendo que estava sendo atacada, aperta um botão dos vários no chão e grita:
- Vocês nunca conseguirão pegar o livro. Ele é muito poderoso e não pode ficar vagando nas mãos de pobres criancinhas como vocês.
Após falar isto, a sala começa a tremer, estava ocorrendo um desmoronamento, elas precisavam pegar o livro e salvar suas vidas. O único caminho que tinha era no teto, pois a entrada havia sido bloqueada por pedras do desmoronamento. Ao olhar para os lados, as garotas percebem que só haviam elas na sala, a dracaenae havia sumido.
Ouviam-se ruídos do lado de fora da sala. Agora o que elas fariam?


[spoiler = Regras que eu havia esquecido de colocar] - Sem ordem de postagens
- 2 poderes por post
- Ataques ilimitados, mas não abusem
[/spoiler]
avatar
Hermes

Mensagens : 94
Data de inscrição : 14/03/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão - O Arco Dourado

Mensagem por Rebecca Sofia Hills em Dom Jun 05, 2011 12:37 pm

A Dracaenae havia sumido e a passagem havia sido bloqueada pelos destroços da sala, que ótimo, estávamos presas aqui para sempre.
Observei melhor a sala e vi vários escritos gregos em suas paredes, suspirei, eu ainda não tinha muito conhecimento sobre essa língua. Ao olhar para o teto, percebi uma pequena passagem, a esperança tomou conta de mim, poderíamos sair daqui! Agora era só arranjar uma maneira de chegar lá em cima.
-Meninas, olhem lá... - disse apontando para a passagem -... Agora é só chegarmos lá em cima. - completei, tentei fincar a ponta de meu chicote flamejante na passagem. Agora teríamos que lidar com o livro.
Olhei para o livro em seguida para minhas amigas.
-Eu estou com um mal pressentimento em relação a esse livro, a Dracaenae falou que não o conseguiriamos e o deixou de mão beijada aqui? Deve ser alguma armadilha, pode não ser o livro verdadeiro, portanto vamos ter cuidado ao pegar o livro, e em hipótese alguma devemos abri-lo até termos certeza de que não é uma armadilha... Pode ter alguma magia que nos prejudique no livro. - disse, não sei se meu raciocínio estava correto, mas como filha de Athena, eu quase sempre tinha razão. Aliás, por onde a Dracaenae havia fugido? Deveria haver alguma alavanca mas nós não tínhamos muito tempo, já que o resto da sala poderia desmoronar a qualquer momento.
Procurei uma alavanca no chão e fui pisando em cada parte dele.
-Meninas, me ajudem a procurar uma alavanca! - pedi, achei vários botões no chão, apertei alguns.


Poderes:
Passivos:
--Intuição e Senso de Direção - O filho de Athena sabe o momento certo de agira. Por isso, ele dificilmente será pego por armadilhas, ou irá se perder.
Lvl.05 – Detector de Magias: Feiticeiros podem prever, e sentir, qualquer forma de magia no ambiente. Ilusões e truques não os enganam.
avatar
Rebecca Sofia Hills

Mensagens : 14
Data de inscrição : 27/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão - O Arco Dourado

Mensagem por Amanda Marie Greenley em Dom Jun 05, 2011 1:00 pm

Ao ver suas amigas, que agora haviam saído da segurança e conforto da acampamento Meio-Sangue para virem na mesma perigosa missão que ela, a garota de olhos azuis se vê em uma delicada situação. A Dracaenae havia desaparecido e também havia causado um enorme deslizamento de pedra. Tudo por causa de um livro.
Amanda nunca fora uma pessoa que se preocupava em ler muito, pois com sua dislexia e déficit de atenção a matéria que menos se dava bem era literatura. Agora sim, ela deveria ter dado mais atenção à professora, que lutava para que ela estudasse.
Olhando Rebecca procurar uma alavanca no chão, Amanda fez o mesmo. Ela clicava em todos os botões que apareciam em sua frente, na esperança de que algum fosse o certo. Ela estava com seu escudo, rente ao tórax, por o caso de alguma armadilha abrir-se e pega-la de surpresa. A garota, também cria um escudo vegetal ao seu redor, na esperança de proteger-se do que quer que fosse.


~~ Dados ~~

Nivel 1
- Poderam construir barreiras vegetais , impedindo a passagem
avatar
Amanda Marie Greenley

Mensagens : 63
Data de inscrição : 14/03/2011
Idade : 21
Localização : Acampamento Meio-Sangue.

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão - O Arco Dourado

Mensagem por Psiquê G. Kraft em Dom Jun 05, 2011 9:03 pm

Eu estava pronta para usar todo o meu poder para socorrer Amanda, e sentia que meus ataques e os de Rebecca surtiriam efeito, mas antes que meus feitiços atingissem a criatura, ela acionou os botões da sala, e algum tipo de comando desencadeou vários tremores. Meus feitiços erraram o alvo, e me apoiei na parede para não cair. A dracaenae ainda gritou algo sobre a importância do livro, mas com a barulheira do deslizamento, não pude ouvir muita coisa. Foi com grande surpresa que notei o desaparecimento da dracaenae, e corri para perto das minhas amigas, afim de não sermos pegas desprevenidas. Os tremores cessaram, e nós nos recuperamos do choque inicial. Magia antiga estava entalhada nas paredes, e reparei curiosa que muitos daqueles feitiços eu não conhecia. Os filhos de Hécate, ao contrário da maioria dos semi-deuses, não tinham dislexia, pois nosso cérebro era preparada para acumular o máximo de conhecimento mágico, seja em qual língua for. Li os escritos, surpresa com tantas palavras que não conhecia. As escrituras formavam linhas tênues, e todas convergiam para uma pequena abertura no alto do local onde estávamos. Eu poderia chegar até lá, e o espaço seria suficientemente largo para nós todas se eu o ampliasse com meus feitiços.

-Meninas, olhem lá... - disse Rebecca, apontando para a passagem -... Agora é só chegarmos lá em cima. - concordei com a cabeça, e observei enquanto ela tentava enlaçar a ponta de seu chicote na passagem. Ela observou o livro, e meu olhar seguiu o dela. Nós sabíamos que teríamos de lidar com aquele artefato, que não fora deixado ali por acaso. -Eu estou com um mal pressentimento em relação a esse livro, a Dracaenae falou que não o conseguiriamos e o deixou de mão beijada aqui? Deve ser alguma armadilha, pode não ser o livro verdadeiro, portanto vamos ter cuidado ao pegar o livro, e em hipótese alguma devemos abri-lo até termos certeza de que não é uma armadilha... Pode ter alguma magia que nos prejudique no livro. - era uma conclusão sábia, típica de filhos de Athena. E eu, como filha e feiticeira da deusa da magia, também era sensitiva o suficiente para sentir as energias que vinham do artefato. Minha mãe era a deusa dos caminhos e futuros possíveis, e de certo minha clarividência me alertava para algo que permanecia oculto. Não deveríamos tocar naquele livro.

- "Voliarte". - eu conjurei, fazendo levitar o livro enquanto minhas colegas vasculhavam os botões em busca de uma alavanca ou porta oculta. Abri minha Mochila Infinita, e coloquei o livro dentro dela, sem encostar. Depois olhei para cima, e flutuei alguns metros acima do chão. Mirei na abertura do alto, e me concentrei. Algo me dizia que não seria legal tentar alargar a passagem à força. Invoquei minha Águia Negra, Néftis. - Néftis, quero que você voe através desta fenda, e me diga qualquer coisa que você encontrar do outro lado. Tome cuidado, e se prepare para lutar contra qualquer criatura. Está autorizada a aumentar de tamanho, e a usar seu super-grito, caso seja necessário. - "Sim, Psi! Vou examinar o lugar, e volto pra te contar tudo!", respondeu minha águia telepaticamente. - Cuidado... - murmurei, quando a vi alçar voo. Era um risco, mas pelo menos eu poderia reviver minha Néftis, se algo acontecesse. O mesmo não serviria para mim, e isso me fazia ter uma ideia mais ampla de prioridades.

Olhei para minhas amigas, e corri para ajudá-las no exame da sala. Amanda criara uma barreira de plantas ao seu redor, e se preparava para o pior. Segui seu exemplo, e invoquei o poder do meu Cetro da Destruição, invocando um escudo mágico indestrutível ao redor de minhas parceiras e de mim. Nada poderia nos ferir ali dentro, e isso nos conferia ao menos a chance de revidarmos e termos ciência de com o quê estávamso lidando, antes que fôssemos mortas ou dilaceradas sem aviso prévio...
avatar
Psiquê G. Kraft

Mensagens : 53
Data de inscrição : 13/04/2011
Idade : 22
Localização : Chalé de Hécate.

Ficha do personagem
Arsenal:
HP - Sangue - Vida:
100/100  (100/100)
MP - Energia - Mana:
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão - O Arco Dourado

Mensagem por Hermes em Seg Jun 06, 2011 3:53 pm

A águia negra volta e diz:
- Minha mestre, não tem jeito de sobrevivermos se passarmos por esta passagem, seremos massacradas, destruídas, desintegradas. Há uma quantidade imensa de monstros no entorno desta sala, a morte será certa por aqui. - A voz fica estranha e diz o que vem a seguir - OLHE PARA O CHÃO, A CHAVE É O CHÃO.
Mas Amanda já estava tão entusiasmada que apertara todos os botões possíveis, o que fizera o chão mudar de posição, elas agora estavam no subsolo, foi tudo tão rápido que ficaram um pouco atordoadas com a mudança. Elas agora estavam em um túnel subterrâneo, para onde levava, ninguém sabia e possivelmente haveria perigos, pois foi o túnel de fuga da Dracaenae. Após uma longa caminhada as garotas perguntam umas para as outras:
- Será que esse túnel não acaba não?
Então de repente vê-se uma luz e uma sombra os esperando, manejando um arco e flecha, uma flecha é lançada ao encontro das garotas, mas não era uma flecha comum, ela possuía meio que vida própria e se movimentava como uma cobra. As garotas ficaram pasmas com o que estavam vendo, uma flecha possuída, e sem que percebessem a flecha havia entrado na mochila infinita e enroscado sua corda - uma que estava presa nela desde o começo - no livro misterioso, a flecha volta com sucesso, enquanto a sombra desaparece rindo maleficamente. A passagem a frente se fecha e a passagem atrás delas também. Ouve-se som de trovões vindo de todos os cantos do túnel, elas deveriam descobrir um jeito de sair do local com vida, antes deles se dispersarem, atacando-as, ou arranjar um jeito de se proteger.
avatar
Hermes

Mensagens : 94
Data de inscrição : 14/03/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão - O Arco Dourado

Mensagem por Rebecca Sofia Hills em Seg Jun 06, 2011 4:17 pm

Que lindo, as passagens fecharam e agora estávamos sem o livro... Ótimo. Após esse pensamento irônico escutei tantos trovões que cheguei a ficar atordoada, eu e minhas amigas tínhamos que dar um jeito de sair daqui o mais depressa possível. Acionei meu colar de proteção e logo um escudo mágico nos envolveu, se achamos uma alavanca lá em cima que nos trouxe para o sub-solo daquela sala provavelmente existem alavancas aqui também.
-Garotas, temos que ser rápidas, se haviam alavancas e botões lá em cima provavelmente também existem alguns aqui em baixo - eu disse já procurando qualquer botão ou alavanca nas paredes e no chão.
-Será que é uma boa idéia ir até a passagem lá na frente... A que acabou de fechar? Talvez tenha alguma coisa que a faça abrir lá. - falei rapidamente, eu estava nervosa por causa dos trovões e ao mesmo tempo um pouco tranquila, já que estávamos envolvidas por um escudo mágico, chamei minha coruja de estimação e pedi a ela que verificasse a passagem mais a frente. "Sim senhora, volto já" ela disse em minha mente, assenti e rezei para que nada acontecesse com Bessy... É eu havia dado um nome a minha pequena coruja de estimação.
Off: Eu achei o meu post uma porcaria '-'

avatar
Rebecca Sofia Hills

Mensagens : 14
Data de inscrição : 27/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão - O Arco Dourado

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum